Sem acordo com funcionários, greve dos Correios será definida pela Justiça

A paralisação teve início no dia 18 e é motivada por desentendimentos relacionados à validade do acordo coletivo da categoria

Publicado em: 29/08/20 às 9:41
Por Gustavo Lopes | BR104


Greve dos Correios será definida pela Justiça — © Henrique Kawaminami
Greve dos Correios será definida pela Justiça — © Henrique Kawaminami

Sem conseguir avanço em um acordo entre a empresa e os trabalhadores, a greve dos Correios terá de ser julgada pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST). A paralisação teve início no dia 18 e é motivada por desentendimentos relacionados à validade do acordo coletivo da categoria.

Nos últimos dias, o vice-presidente do TST, Vieira de Mello Filho, tentou mediar um acordo entre representantes dos trabalhadores e da empresa, mas não obteve sucesso. Ele apresentou uma proposta, que consistia na renovação das 79 cláusulas do acordo atual, sem reajustes.

No fim da última quinta-feira (27/08), os sindicatos e as federações que representam os empregados informaram que aceitavam proposta. A empresa, contudo, só concordou com a manutenção de nove cláusulas, o que desagradou a categoria.

Sem acordo, o processo foi distribuído à ministra Kátia Arruda, que integra a Seção Especializada em Dissídios Coletivos (SDC) do TST, , mas ainda não há data para que isso ocorra. No início da semana, o MPT (Ministério Público do Trabalho) ajuizou pedido para que o tribunal faça a mediação do movimento grevista.

Nota dos Correios

Por meio de nota, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) informou que aguarda o julgamento do Dissídio de Greve pelo Tribunal Superior do Trabalho para por fim ao impasse e defendeu que a “empresa não tem mais como suportar as altas despesas” geradas pelo pagamento de benefícios aos funcionários.

“Diante dessa situação, amplamente exposta nos últimos meses, a empresa aguarda o julgamento do Dissídio de Greve pelo Tribunal Superior do Trabalho para por fim ao impasse. Vale ressaltar que os Correios têm preservado empregos, salários e todos os direitos previstos na CLT, bem como outros benefícios do seu efetivo”, diz a nota.

A empresa também pediu que os trabalhadores parem a greve. “A empresa confia no compromisso e responsabilidade de seus empregados com a sociedade e com o país, promovendo o retorno ao trabalho das pessoas que ainda se encontram em greve, já que a questão encontra-se em juízo e será resolvida pelo TST”.

egundo a empresa, a paralisação afeta até mesmo questões de saúde pública, porque os Correios transportam materiais biológicos, como amostras de sangue. Também afirmam que a greve impacta os negócios de empreendedores de todo país.

Greve dos Correios será definida pela Justiça — © Reprodução

Greve dos Correios será definida pela Justiça — © Reprodução


Comentarista da CNN é flagrado se masturbando em reunião virtual

Jeffrey Toobin alega ter cometido um engano durante o encontro on-line para discutir as eleições dos EUA.

Há 1 hora atrás | Gustavo Lopes | BR104

Luciano Barbosa anuncia plano de desenvolvimento para a juventude de Arapiraca

Em seu plano de governo, Luciano também cita a promoção de acesso gratuito à internet nas praças e parques da cidade.

Há 2 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Carreata marca o fim de semana de campanha eleitoral em Branquinha

Mobilização foi realizada pela coligação "Experiência e Trabalho por Branquinha", que tem como candidato a prefeito Neno Freitas (MDB).

Há 2 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Com foto do eleitor, e-Título pode ser usado como documento oficial para votar

Funcionalidade está disponível somente para os brasileiros que realizaram o cadastramento biométrico.

Há 3 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

André Janones explica como o Auxílio Emergencial pode voltar para R$ 600

Parlamentar afirma que "tem absoluta convicção" de que consegue, junto com outros deputados, derrubar MP que reduz auxílio emergencial para R$ 300.

Há 3 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Mano e Renan: Velhos aliados viram adversários em União dos Palmares

O ex-governador gravou uma participação no guia eleitoral de Sebastião de Jesus, exibido nesta terça (20/10)

Há 3 horas atrás | Redação

Tarifa Social: 130 mil alagoanos devem atualizar o NIS para garantir benefício

Criado pelo Governo Federal, o benefício oferece até 65% de desconto no valor do consumo de energia.

Há 4 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Juiz e PM esclarecem sobre fiscalização dos atos políticos em São José da Laje

Segundo José Alberto, juiz da 16ª Zona Eleitoral, reportagem insinuou que a PM estaria sendo omissa e atuando apenas em favor de determinado grupo político no município.

Há 5 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

‘2ª onda está chegando’ e será preciso abrir mão do que se gosta, alerta OMS

Entidade demonstrou preocupação com o início do inverno na Europa e América do Norte.

Há 6 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Afundamento dos bairros é um problema de toda Maceió, com impactos sociais e econômicos, afirma JHC

Candidato reforça compromisso com população e garante que histórias não serão esquecidas.

Há 20 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104