Saiba quais são as novas regras para as eleições 2020

As novas medidas trarão um ano político mais concorrentes

Publicado em: 07/01/20 às 9:52 | Atualizado em 07/01/2020 10:12
Por Johny Lucena | BR104


Eleições 2020 — © Reprodução

Política — Um dos fatos que mais marcou as eleições em 2018, foi a Fake News. Devido a sua propagação, um novo roteiro foi trassado para as eleições 2020 no Brasil.

Como as próximas eleições são apenas para Prefeitos e Vereadores, as novas regras determinadas pelo Supremo Tribunal Eleitoral (STE) segue principalmente no sistema eleitoral, junto a forma em que cada candidato pretende trabalhar sua candidatura.

Atendendo as novas medidas, separamos as principais regras estabelecidas pelo STE que devem ser cumpridas nas eleições deste ano.

+ União dos Palmares: Veja quem são os pré-candidatos à prefeitura

Propagandas eleitorais:

Desde o dia 1º de janeiro de 2020, as regras para as campanhas dos candidatos que irão disputar nas eleições, já estão valendo. Sendo assim, só será permitido a campanha eleitoral a partir do dia 15 de agosto. Segundo as regras, os candidatos devem aguardar até esta data para poder iniciar qualquer tipo de propaganda eleitoral em rádios, TV’s e carros de som ou plotado com suas respectivas imagens.

Dessa forma a aparição dos candidatos só serão permitidas em rádios e tv’s, no período do programa eleitoral gratuito disponibilizado por lei.

Injuria e calúnia

De acordo com o TSE, as criticas consideradas como “ofensivas” terão punição junto ao candidato ofensor, que responderá pelo ato, podendo até ser impedido de continuar sua campanha ao cargo público.

Nesse quadro estabelecido pelo TSE, também serão tratadas as medidas “anti-fake news eleições 2020”, na qual os candidatos a prefeitos e vereadores estarão sujeitos.

Financiamento eleitoral 

Em 2020 passa a vigorar a lei aprovada no Congresso Nacional que trata do financiamento eleitoral. De acordo com as alterações impostas pelos parlamentares, a medida regulamentária prevê apenas a doação do financiamento eleitoral apenas por pessoas físicas, eliminando a doação de empresas aos partidos ou a um candidato especifico.

Com as novas regras que também vigora o fim do fundo eleitoral este ano, o Governo Federal passará a verba para que os partidos possam financiar as campanhas de seus candidatos. Ainda assim, o próprio candidato poderá financiar 10% de sua campanha.

No dia da eleição 

No dia da votação, algumas regras já conhecidas pelos eleitores foram estabelecidas pelos STE. No entanto, a fiscalização será mais intensa.

Ficará proibido o uso de alto-falantes e amplificadores de som durante todo o dia da eleição;
Não poderá haver nenhum tipo de ato de manifestação eleitoral partidária como a promoção de comício ou carreata;
Propaganda individual como a boca de urna continua sendo considerada crime;
Contudo, todo tipo de propaganda mesmo na internet fica proibida no dia da votação.


Em União dos Palmares, protesto pede derrubada de veto dos precatórios do Fundef

Trecho vetado por Bolsonaro previa o pagamento de precatórios oriundos da cobrança de repasses referentes à complementação da União aos estados e municípios por causa do Fundeb.

Há 36 minutos atrás | Gustavo Lopes | BR104

CRB vence o Juventude por 1 a 0 mas está fora da Copa do Brasil

Mesmo obtendo um resultado favorável, o CRB foi eliminado e perdeu a chance de entrar pela primeira vez nas oitavas de final da competição

Há 51 minutos atrás | Johny Lucena | BR104

Após discurso de Janones por auxílio de R$600, presidente da Câmara da gargalhada

No momento em que o deputado conclui sua fala, é possível ouvir a voz do presidente interino da Câmara dando risada, supostamente do discurso feito por Janones.

Há 7 horas atrás | Redação

Ministra Cármen Lúcia está com Covid-19

A ministra não apresenta sintomas graves da doença, apenas febre.

Há 7 horas atrás | Redação

Impasse termina e funcionários dos Correios voltam ao trabalho

Fim da greve foi decidida por todos os 31 sindicatos do país nessa terça-feira (22). Estatal afirma que 92,7% dos trabalhadores já voltaram aos postos.

Há 8 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Prefeito muda nome de candidata em Ibateguara para induzir eleitor

O objetivo da mudança é atrelar o nome do prefeito ao da candidata, dando a impressão ao eleitor, que votar na candidata é a mesma coisa que votar no prefeito.

Há 8 horas atrás | Paulo Martins

Aprovados por último no auxílio emergencial não terão todas as parcelas de R$ 300

Com o prazo final estimado para dezembro, alguns beneficiários ficarão sem receber todas às quatro parcelas do beneficio

Há 23 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Ministério da Saúde aprova retorno de 30% da torcida de clubes nos estádios de futebol

Desde o início da pandemia foi proibido a entrada da torcida de clubes nos estádios do Brasil

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

Mulher que matou marido com facada em Murici agiu em legítima defesa, diz PC

As investigações concluíram que o crime aconteceu em legítima defesa. Crime aconteceu no dia 6 de setembro.

Há 1 dia atrás | Gustavo Lopes | BR104

Por que o prefeito Areski Freitas quer R$4,5 milhões às vésperas das eleições

Os parlamentares que votam por rejeitar o pedido, não conseguem enxergar uma justifica plausível para que o valor seja aprovado às vésperas das eleições.

Há 1 dia atrás | Redação