Geral

Prazo para beneficiários do BPC se inscreverem no CadÚnico se encerra no fim do mês

Os beneficiários devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou as secretarias municipais de assistência social

Publicado: | Atualizado em 19/12/2018 09:47


Geral – As pessoas que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) têm até o fim deste mês para se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico). A Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seades), reforça que para garantir a manutenção de seus repasses, os beneficiários devem procurar os Centros de Referência de Assistência Social (Cras) ou as secretarias municipais de assistência social.

De acordo com o órgão, a inclusão no CadÚnico vai permitir a manutenção do benefício e que mais famílias tenham acesso a diversos programas sociais, como o Minha Casa Minha Vida, Bolsa Família, Criança Feliz e Tarifa Social de Energia. O repasse, que tem o valor de um salário mínimo, é pago mensalmente aos idosos acima de 65 anos e para as pessoas com deficiência que possuem renda familiar de até R$ 238.

+ Em União: Motociclista se distrai, colide contra poste e tem corte profundo na perna

Atualmente, Alagoas possui 112.248 beneficiários do BPC. Destes, 78.280 são pessoas com deficiência, e o número restante são idosos acima de 65 anos ou mais, segundo um levantamento feito pela  superintendência de Assistência Social da Seades.

A superintendente de Assistência Social, Elis Correia, acredita que ainda cerca de mais de 20 mil pessoas ainda não procuraram os Cras pra incluir seus nomes no Cadastro Único, e que é necessário estarem atentas ao prazo estipulado pelo governo federal, para não ficarem sem o benefício.

“O prazo já foi ampliado no ano passado e não haverá prorrogação, por isso é muito importante que todos fiquem atentos para garantir o BPC, que, por se tratar de um benefício social, não é necessário ter contribuído ao INSS para ter direito”, disse.

Ao procurar o Cras ou as secretarias municipais, os dependentes do BPC devem ter em mãos o Cadastro de Pessoa Física (CPF), Registro Geral (RG) e comprovante de residência. Caso o beneficiário tenha alguma dificuldade de deslocamento, a inscrição poderá ser feita pelo responsável familiar. Basta apresentar o CPF de todas as pessoas que moram na residência com o beneficiário.

CadÚnico

O cadastramento dos beneficiários do BPC e suas famílias no Cadastro Único para Programas Sociais passou a ser requisito obrigatório para a concessão do BPC com a publicação da Portaria Interministerial n° 5/2017.

O CadÚnico é um instrumento que identifica e caracteriza as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população. Nele são registradas informações como: características da residência, identificação de cada pessoa, escolaridade, situação de trabalho e renda, entre outras.

*Com informações de Assessoria


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Casal brigando | @ Imagem ilustrativa
Geral
Casamento em crise tem solução?

Na semana de 3 a 9 de junho, pessoas em todo o mundo se reunirão para considerar dicas práticas sobre como recuperar a alegria no lar.


A primeira via da Identidade permanece gratuita | © Ascom/Perícia Oficial
Geral
Leia isso antes de emitir sua Carteira de Identidade

O Instituto de Identificação da Polícia Científica de Alagoas destaca a importância dessa exigência


Divulgação
Geral
Testemunhas de Jeová iniciam campanha para convidar a comunidade para eventos especiais

Moradores de Maceió, AL e região são convidados para dois eventos especiais em março.


Marcelinho Carioca | © Reprodução
Geral
Polícia Civil solicita prisão preventiva de quadrilha suspeita no caso de sequestro de Marcelinho Carioca

A investigação sugere que eles façam parte de uma quadrilha especializada em sequestros, com a prática de forçar as vítimas a realizar transferências por meio do sistema Pix.


Matérias destaques na semana | © Reprodução
Geral
Você viu? Confira as matérias que foram destaques na semana no BR104

Separamos um combo das matérias mais lidas da semana para os nossos leitores.