Geral

Eleitores faltosos devem regularizar situação na Justiça Eleitoral

O eleitor precisa pagar uma multa no valor de R$ 3,51 por turno não votado

Publicado: | Atualizado em 16/01/2019 10:24


Eleitor que deixou de votar e justificar ausência deve regularizar situação (Crédito: Divulgação)
Eleitor que deixou de votar e justificar ausência deve regularizar situação (Crédito: Divulgação)

Para o eleitor que deixou de votar em outubro do ano passado e não apresentou a justificativa dentro do prazo, deve procurar o cartório eleitoral para regularizar sua situação. Na capital, os cartórios eleitorais se concentram no Fórum Eleitoral, situado na Gruta, e o atendimento é das 7h30 às 13h30, de segunda a sexta-feira. Pra quem mora em cidades do interior, o horário de funcionamento é o mesmo da capital.

A regularização é feita após o pagamento de uma multa no valor de R$ 3,51 por turno não votado. No caso de emissão de GRU – Guia de Recolhimento da União – de multa pela internet (www.tse.jus.br), é necessário que, após o pagamento, o eleitor compareça ao cartório para as demais providências. Ela também pode ser emitida no próprio cartório.

Caso o eleitor não regularize sua situação, ficará impedido de emitir a certidão de quitação eleitoral, documento que o impede de obter passaporte, ser nomeado em cargos públicos e renovar matrícula em estabelecimentos de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo.

Vale lembrar, ainda, que o cidadão que estiver há três eleições consecutivas (cada turno corresponde a uma eleição) sem votar e sem justificar terá o registro do título eleitoral cancelado, caso não regularize sua situação, e fica submetido às mesmas restrições já mencionadas.

+ Eleições 2020: União dos Palmares tem 6 pré-candidatos à prefeitura já declarados

As regras e penalidades impostas para quem não regularizar sua situação com a Justiça Eleitoral, não se aplicam aos eleitores cujo voto é facultativo (maiores de 16 anos e menores de 18 e maiores de 70 anos) e aos portadores de deficiência física ou mental que torne impossível ou muito oneroso o cumprimento das obrigações eleitorais. No último caso, o juízo eleitoral deve ter sido informado da situação previamente.

Cidadãos brasileiros que estão no exterior e não votaram ou justificaram terão até 30 dias, contados de seu retorno ao Brasil, para justificar a ausência nos cartórios eleitorais ou na internet, pelo Sistema Justifica (www.justifica.tse.jus.br).

*com TRE/AL

Assuntos

AlagoasTREVoto

Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Casal brigando | @ Imagem ilustrativa
Geral
Casamento em crise tem solução?

Na semana de 3 a 9 de junho, pessoas em todo o mundo se reunirão para considerar dicas práticas sobre como recuperar a alegria no lar.


A primeira via da Identidade permanece gratuita | © Ascom/Perícia Oficial
Geral
Leia isso antes de emitir sua Carteira de Identidade

O Instituto de Identificação da Polícia Científica de Alagoas destaca a importância dessa exigência


Divulgação
Geral
Testemunhas de Jeová iniciam campanha para convidar a comunidade para eventos especiais

Moradores de Maceió, AL e região são convidados para dois eventos especiais em março.


Marcelinho Carioca | © Reprodução
Geral
Polícia Civil solicita prisão preventiva de quadrilha suspeita no caso de sequestro de Marcelinho Carioca

A investigação sugere que eles façam parte de uma quadrilha especializada em sequestros, com a prática de forçar as vítimas a realizar transferências por meio do sistema Pix.


Matérias destaques na semana | © Reprodução
Geral
Você viu? Confira as matérias que foram destaques na semana no BR104

Separamos um combo das matérias mais lidas da semana para os nossos leitores.