Patrocinadores do Santos ameaçam reincidir contratos se Robinho permanecer no clube

O jogador foi condenado a nove anos de prisão na Itália por estupro coletivo. Os advogados de Robinho recorrem a decisão

Publicado em: 16/10/20 às 16:42
Por Johny Lucena | BR104


Patrocinadores do Santos ameaçam reincidir contrato caso clube mantenha Robinho no elenco — © Reprodução
Patrocinadores do Santos ameaçam reincidir contrato caso clube mantenha Robinho no elenco — © Reprodução

As principais marcas patrocinadoras do Santos ameaçaram nesta sexta-feira (16/10), reincidirem os contratos existentes com o clube caso Robinho seja mantido no time. A decisão, vem logo após o jogador declarar que teve participação no ato que levou uma mulher acusar ele e mais cinco amigos de estupro coletivo.

A Kicaldo, uma das patrocinadores do clube, afirmou que deixará de patrocinar o time caso o contrato do jogador anunciado na semana passada permaneça. Da mesma forma a Tekbonde, Philco e a Orthopride repudiaram a ação do jogador e ameaçaram retirar a colaboração caso ele permaneça.

– Depois da reportagem veiculada pelo GE, a nossa posição é que o clube rescinda com o jogador Robinho. Estamos aguardando a posição do clube. Se eles rescindirem, a gente mantém a parceria. Se não, a gente não vai mais patrocinar a equipe – declara um porta voz da Kicaldo.

A Tekbonde, que tem sua logomarca estampada na região frontal do uniforme do Santos, declarou repúdio e que não permanecerá como patrocinador do clube caso o jogador permaneça.

– A Tekbond repudia toda e qualquer situação de violência e promove o respeito à diversidade e a inclusão em suas operações. A empresa não teve conhecimento prévio sobre a contratação ou intenção do clube em contratar jogadores. Manifestamos nossa preocupação sobre o fato ao Santos assim que soubemos e, neste momento, a continuidade do nosso patrocínio está condicionada ao cancelamento da contratação do jogador pelo clube.

Advogados do jogador recorrem a decisão que o condenou a nove anos de prisão — © Reprodução

Advogados do jogador recorrem a decisão que o condenou a nove anos de prisão — © Reprodução


Tarifa Social: 130 mil alagoanos devem atualizar o NIS para garantir benefício

Criado pelo Governo Federal, o benefício oferece até 65% de desconto no valor do consumo de energia.

Há 39 minutos atrás | Gustavo Lopes | BR104

Juiz e PM esclarecem sobre fiscalização dos atos políticos em São José da Laje

Segundo José Alberto, juiz da 16ª Zona Eleitoral, reportagem insinuou que a PM estaria sendo omissa e atuando apenas em favor de determinado grupo político no município.

Há 1 hora atrás | Gustavo Lopes | BR104

‘2ª onda está chegando’ e será preciso abrir mão do que se gosta, alerta OMS

Entidade demonstrou preocupação com o início do inverno na Europa e América do Norte.

Há 2 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Afundamento dos bairros é um problema de toda Maceió, com impactos sociais e econômicos, afirma JHC

Candidato reforça compromisso com população e garante que histórias não serão esquecidas.

Há 16 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Após denúncia, PM apreende arma, maconha e recupera veículo e objetos roubados

Ocorrência ocorreu na cidade de Taquarana. Durante ação policial, dois jovens foram presos e encaminhados junto à Polícia Judiciária.

Há 17 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

JHC e Alfredo Gaspar estão em empate técnico em Maceió, aponta Ibrape

Os dados da pesquisa reforçam o cenário de segundo turno na disputa pela Prefeitura da capital alagoana.

Há 17 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Passam bem mãe e filho atropelados por motorista embriagado em Rio Largo

Momento do acidente foi flagrado por câmeras de segurança; homem foi preso e autuado

Há 18 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Tribunal Superior Eleitoral rebate Fake News sobre urnas eletrônicas

"Nenhum momento, a referida empresa teve acesso a quaisquer códigos da urna", declara o TSE sobre notícias propagadas nas redes sociais

Há 18 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Jovem de 23 anos é atingido por bala perdida dentro de casa e morre

Caso ocorreu no Catumbi, na região central do Rio de Janeiro. Caio Gomes Soares morreu na hora nos braços da irmã, de 24 anos.

Há 18 horas atrás | Gustavo Lopes | BR104

Denúncia: Homem espera há 6 meses por exame em União dos Palmares

A denúncia foi feita ao vivo no programa institucional da prefeitura de União dos Palmares, na Rádio Quilombo.

Há 19 horas atrás | Redação