publicidade
publicidade
Eleições 2022

Professores de direito da UFAL assinam carta contra falas de Bolsonaro e em defesa da democracia

A carta foi assinada por advogados, juizes e desembargadores

Publicado:


Rosmar Rodrigues, Welton Roberto, Tutimes Airan e Adrualdo Catão
Rosmar Rodrigues, Welton Roberto, Tutimes Airan e Adrualdo Catão

Um grupo de 26 professores de direito da Universidade Federal de Alagoas, assinaram uma carta em favor da democracia e contra as falas do presidente Bolsonaro em relação ao sistema eleitoral brasileiro.

Assinam a carta advogados, juizes e desembargadores, como é o caso do ex-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas, Tutmés Airan, o juiz federal Rosmar Alencar e o advogado Welton Roberto, todos professores de direito da UFAL.

Leia a carta na íntegra:

“Nota das professoras e professores da Faculdade de Direito de Alagoas da Universidade Federal de Alagoas em defesa do Estado Democrático de Direito e do Sistema Eleitoral Nacional

Nós, professoras e professores da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Alagoas, cidadãs e cidadãos responsáveis que somos, ativos contribuintes do Estado brasileiro, não podemos, em nome do Estado Democrático de Direito e do livre pensar, assistir inertes aos constantes e infundados ataques proferidos ao sistema eleitoral brasileiro pelo presidente da república, senhor Jair Messias Bolsonaro.

Manifestamos, pois, nosso repúdio aos constantes e infundados ataques ao sistema eleitoral brasileiro, reiteradamente testado e auditado pela própria Justiça Eleitoral, pela Polícia Federal, pelo Tribunal de Contas e fiscalizado pelo Ministério Público, além de reconhecido internacionalmente como capaz de assegurar a vontade expressa nas urnas pelos eleitores brasileiros.

Como profissionais do Direito responsáveis pelo ensino juridico nesta pioneira Faculdade, pela qual passaram nomes que honrosamente integraram e que ainda hoje integram o cenário nacional, e por tantos outros que neste momento nela estudam e procuram assegurar um futuro melhor, não poderíamos nos omitir diante da constante divulgação de Infundadas suspeitas que tão somente atiçam o desconhecimento e a ignorância e podem vir a gerar a violência, como já presenciada no recente pleito presidencial americano.

Ademais, colocar em suspeição o trabalho e a dignidade de milhares de juízas e juízes de direito, servidoras e servidores do judiciário, promotoras e promotores de justiça e procuradoras e procuradores da república que diuturnamente trabalham para um pleito

Justo e limpo, sem qualquer elemento probatório, beira a irresponsabilidade e caracteriza desamor para com o Brasil.

Assim, nosso repúdio às reiteradas declarações do presidente da república e nosso integral apoio a todas e todos que fizeram e fazem deste país um lugar mais digno e verdadeiro, construído sob a vontade expressa nas urnas, por suas cidadás e cidadãos.”

Assinam:

  1. Prof. Adrualdo de Lima Catão
  2. Profa. Alessandra Marchioni
  3. Prof. Basile Georges Campos Christopoulos
  4. Prof. Beclaute Oliveira Silva
  5. Profa. Elaine Cristina Pimentel Costa
  6. Prof. Fábio Lins de Lessa Carvalho
  7. Prof. Fernando Antônio Barbosa Maciel
  8. Prof. Fernando Antônio Jambo Muniz Falcão
  9. Prof. Filipe Lobo Gomes
  10. Prof. Gabriel Ivo
  11. Prof. George Sarmento Lins Júnior
  12. Prof. Hugo Leonardo Rodrigues Santos
  13. Prof. Jasiel Ivo
  14. Profa. Jessica Hind Ribeiro Costa
  15. Prof. João Leite de Arruda Alencar
  16. Profa. Lana Lisier de Lima Palmeira
  17. Profa. Lavinia Cavalcanti Lima Cunha
  18. Profa. Maria da Graça Marques Gurgel
  19. Prof. Maurício André de Barros Pitta
  20. Prof. Moezio de Vasconcellos Costa Santos
  21. Profa. Olga Jubert Gouveia Krell
  22. Prof. Querino Mallmann
  23. Prof. Rosmar Antonni Rodrigues Cavalcanti de Alencar
  24. Prof. Tácito Yuri de Melo Barros
  25. Prof. Tutmés Airan de Albuquerque Melo
  26. Prof. Welton Roberto
veja também

Rodrigo Cunha, Paulo Dantas, Rui Palmeira e Collor | © Reprodução
Eleições 2022
Eleições: Candidatos ao governo de Alagoas somam mais de R$ 12 milhões em bens

Os candidatos tiveram seus bens declarados à Justiça Eleitoral e os 4 principais nomes ao cargo somam mais de R$ 12 milhões.


Maycon Resenheiro, Zé Alfredo e Ivan Nunes
Eleições 2022
União dos Palmares tem três candidatos a deputado estadual

Zé Alfredo, Ivan Nunes e Maycon Resenheiro são os candidatos a deputado estadual que buscam representar União dos Palmares na Assembleia Legislativa.


Maycon Resenheiro - @Reprodução
Eleições 2022
Influencer Maycon Resenheiro é candidato a deputado estadual pelo União Brasil

Maycon Resenheiro é mais um palmarino na disputa por uma cadeira na Assembleia Legislativa de Alagoas.


Vereador João Catunda - @Reprodução
Eleições 2022
Patrimônio de João Catunda mais que dobra em 2 anos

João Catunda teve um aumento de cerca de 111,5% no total de bens declarados em apenas dois anos de mandato de vereador.


Bruno Lopes no site do TSE
Eleições 2022
Site do TSE passa a exibir candidatura de Bruno Lopes

Bruno Lopes concorre a uma vaga na Câmara Federal pelo Partido Verde (PV-AL).