Governo vai fazer pente-fino em mais de 2 milhões de benefícios pagos pelo INSS

Medida provisória de combate a fraudes deve ser assinada até dia 14

Publicado em: 10/01/19 às 16:03

Por Gustavo Lopes | BR104


Medida provisória de combate a fraudes deve ser assinada até dia 14 (Crédito: Agência Brasil)
Medida provisória de combate a fraudes deve ser assinada até dia 14 (Crédito: Agência Brasil)

A medida provisória anunciada pelo secretário Especial da Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, visa o combate a fraudes no INSS, e deve ser editada pelo presidente Jair Bolsonaro até segunda-feira (14). O governo federal vai fazer uma auditoria em 2 milhões de benefícios pagos pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que têm indícios de irregularidade.

De acordo com o secretário, cerca de mais de 2 milhões de benefícios têm a  necessidade de serem auditados, porque existem indícios de ilicitude. “Por isso há necessidade de fazer uma espécie de mutirão para zerar esse estoque”, acrescentou Marinho, que esteve reunido com os ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil) e Paulo Guedes (Economia) para avaliar o texto da medida provisória.

Além das fraudes, o mutirão, segundo Marinho, poderá gerar “uma economia significativa” aos cofres públicos. “Há relatórios de ações anteriores, inclusive convalidados pelo TCU [Tribunal de Contas da União], que demonstram uma incidência de 16% a 30% de fraude nesse tipo de benefício”.

+ Sem licitação, Governo do estado gasta mais de R$590 mil por mês com locação de veículos

“Eu acredito que até segunda-feira o presidente vai assinar. Assinando, passa a ser do conhecimento público e a gente vai poder explicar em detalhes o que a gente pretende nesse projeto, que combate a fraude, aperfeiçoa os mecanismos de validação de benefício em todo o país e atende uma preocupação da sociedade como um todo”, disse o secretário.

O texto do MP foi submetido à avaliação do presidente. “O presidente já teve conhecimento do teor do MP, mas enquanto ele não assinar, vamos aguardar um pouco”, disse Marinho, acrescentando que as regras da medida provisória devem provocar uma economia na casa de “bilhões de reais”, sem especificar os valores

*com Agência Brasil


Família de Sandro Becker pede “vaquinha” pra ajudar em cirurgia do artista

A meta é arrecadar R$30 mil, e até o momento já foram arrecadados R$2.500,00.

Há 3 horas atrás | Redação

Estádio Rei Pelé e Centro de Exposições serão utilizados no combate ao coronavírus

O Governo Federal divulgou uma lista nessa sexta-feira (3) contendo mais de 80 imóveis da União que poderão ser utilizados no combate ao Covid-19 no país

Há 13 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Polícia Militar fecha bar que descumpria decreto estadual, em Maceió

Na ação policial, um homem de 25 anos foi preso por desacato

Há 15 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Tem Bolsa Família? Saiba quando você vai receber os R$600 do auxílio emergencial

Quem recebe o Bolsa Família passará a receber o auxílio emergencial a partir do dia 16 de abril

Há 16 horas atrás | Redação

Cabo Bebeto e Bruno Toledo pressionam Renan Filho sobre decreto: “Está faltando comida”

Até o próximo dia 7 de abril, conforme o decreto do governador, permanecem fechados todos os tipos de negócios que prestem serviços considerados como não essenciais.

Há 16 horas atrás | Redação

Paciente de Ibateguara com suspeita de coronavírus testa negativo

Foram necessários 13 dias para que o resultado fosse divulgado

Há 17 horas atrás | Redação

JHC propõe “não multar” motorista com CNH vencida durante crise do coronavírus

A proposta pode se estender para o uso do veículo com licenciamento vencido

Há 1 dia atrás | Redação

O que sabemos sobre a segunda vítima fatal do coronavírus em Alagoas

O paciente residia em Maceió onde o número de casos confirmados da doença é o maior do estado.

Há 1 dia atrás | Redação

Eduardo Bolsonaro vai doar parte do salário para o combate ao coronavírus

Como deputado, Eduardo tem um salário bruto de R$ 33.763,00. 10% desse valor representa um total de R$3.376,00.

Há 1 dia atrás | Redação

Prefeitura de São José da Laje é multada em R$100 mil por crime ambiental

Moradores registraram momento em que caçamba fazia despejo do lixo às margens do Rio Canhoto

Há 1 dia atrás | Redação