Crime

Corpo de Italiano é encontrado em residência após confissão da namorada

O corpo foi encontrado dentro da própria residência em estado avançado de decomposição

Publicado: | Atualizado em 15/12/2018 09:03


Imagem ilustrativa (Crédito: Victor Leahy)
Imagem ilustrativa (Crédito: Victor Leahy)

Maceió – Na tarde dessa segunda-feira (5), o corpo de italiano Carlo Cicchelli (Advogado), que estava desaparecido desde o dia 27 de setembro, foi encontrado em sua casa em estado de putrefação, na Rua Sampaio Dória, no bairro da ponta Grossa, em Maceió.

A delegada de polícia Paula Franssinete, informou que o corpo só foi encontrado após a namorada do italiano, Cléa Fernanda Máximo da Silva, confessar ser autora do crime. Ao depor, Paula disse à polícia que matou Carlo Cicchelli no dia 27 de setembro com várias facadas, enrolou o corpo e deixou nos fundos da casa.

+ Desaparecido há oito dias, jovem é encontrado morto em matagal

No período dos 40 dias de desaparecimento do italiano, Cléa dizia à família do advogado, amigos, vizinhos que Paulo tinha viajado. Depois de cometer o crime, ela ainda continuou morando na mesma casa mantendo o corpo no imóvel.

A autora do crime, declarou aos agentes da Delegacia de Homicídios, que o motivo de matar o namorado, foi devido às agressões sofridas. Os dois se conheceram na Itália, começaram a ter um relacionamento e em 2014 o advogado veio morar em Maceió. Ele retornou para Itália juntamente com ela, depois de um tempo voltaram para o brasil, residindo outra vez em maceió, com o intuito de salvar o relacionamento que vinha em crise.

A causa da morte ainda não foi divulgada pela polícia, devido ao estado do corpo. “As leões não foram possíveis de ser constatas pela perícia criminal, e a causa da morte só poderá ser determinada pelo IML, através do laudo cadavérico”, declarou.

O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para o recolhimento do corpo para necrópsia e, posteriormente, ser liberado e transladado para a Itália, onde será sepultado.

Até o momento não se sabia como se dará os procedimentos do translado do corpo.


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Momento da prisão da suspeita | @ Reprodução
Crime
Mulher trans é presa por dopar e estuprar jovem autista, em Maceió

O caso veio à tona quando a vítima relatou ao seu cuidador o que ocorreu.


Menor suspeito de ter atirado no estudante | @ Reprodução
Alagoas
Arma usada por adolescente para balear colega em escola foi comprada com dinheiro da ‘mesada’

Segundo o delegado responsável pelo caso, o crime foi motivado por ciúmes, uma vez que a vítima estaria namorando a ex-namorada do suspeito


Chão de sala de aula respingado com o que seria o sangue do estudante | @ Reprodução
Crime
Aluno é baleado por adolescente em escola do interior de Alagoas

Segundo informações da Polícia Civil, o suspeito foi motivado a atirar no aluno, pois esse estava se relacionando com a sua ex-namorada.


Imagem ilustrativa de criança vítima de estupro | © Reprodução
Alagoas
Homem é condenado a mais de 49 anos de prisão por ter estuprado enteada em AL

O caso aconteceu em São Miguel dos Milagres, Litoral Norte de Alagoas.


Robinho — © Reprodução
Crime
Condenado por estupro, Robinho ficará em cela separada por uma semana antes de ir para uma comum

O STJ validou a pena imposta ao ex-jogador pela justiça da Itália, por ele ter participado de um estupro coletivo de uma mulher.