publicidade
publicidade
Crime

Corpo de Italiano é encontrado em residência após confissão da namorada

O corpo foi encontrado dentro da própria residência em estado avançado de decomposição

Publicado: | Atualizado em 15/12/2018 09:03


publicidade
publicidade
publicidade
Imagem ilustrativa (Crédito: Victor Leahy)
Imagem ilustrativa (Crédito: Victor Leahy)

Maceió – Na tarde dessa segunda-feira (5), o corpo de italiano Carlo Cicchelli (Advogado), que estava desaparecido desde o dia 27 de setembro, foi encontrado em sua casa em estado de putrefação, na Rua Sampaio Dória, no bairro da ponta Grossa, em Maceió.

A delegada de polícia Paula Franssinete, informou que o corpo só foi encontrado após a namorada do italiano, Cléa Fernanda Máximo da Silva, confessar ser autora do crime. Ao depor, Paula disse à polícia que matou Carlo Cicchelli no dia 27 de setembro com várias facadas, enrolou o corpo e deixou nos fundos da casa.

+ Desaparecido há oito dias, jovem é encontrado morto em matagal

No período dos 40 dias de desaparecimento do italiano, Cléa dizia à família do advogado, amigos, vizinhos que Paulo tinha viajado. Depois de cometer o crime, ela ainda continuou morando na mesma casa mantendo o corpo no imóvel.

A autora do crime, declarou aos agentes da Delegacia de Homicídios, que o motivo de matar o namorado, foi devido às agressões sofridas. Os dois se conheceram na Itália, começaram a ter um relacionamento e em 2014 o advogado veio morar em Maceió. Ele retornou para Itália juntamente com ela, depois de um tempo voltaram para o brasil, residindo outra vez em maceió, com o intuito de salvar o relacionamento que vinha em crise.

A causa da morte ainda não foi divulgada pela polícia, devido ao estado do corpo. “As leões não foram possíveis de ser constatas pela perícia criminal, e a causa da morte só poderá ser determinada pelo IML, através do laudo cadavérico”, declarou.

O Instituto de Criminalística (IC) e o Instituto Médico Legal (IML) foram acionados para o recolhimento do corpo para necrópsia e, posteriormente, ser liberado e transladado para a Itália, onde será sepultado.

Até o momento não se sabia como se dará os procedimentos do translado do corpo.

publicidade
veja também

Drogas | © Assessoria
Crime
Policiais da 6ª DRP apreendem 16 Kg de maconha em São Miguel dos Campos

Em São Miguel dos Campos, policiais civis da 6ª Delegacia Regional de Polícia (6ª DRP) realizaram uma grande apreensão de drogas.


Crime Imagem Ilustrativa | © Reprodução
Crime
Empresário foge após assassinar homem dentro do próprio estabelecimento

Um empresário de Maceió fugiu após confessar aos familiares que matou um homem.


Polícia Federal | © Divulgação
Crime
Polícia Federal de Alagoas deflagra operação contra fraudes no Auxílio Emergencial

Agentes da Polícia Federal em Alagoas deflagraram uma operação contra uma associação criminosa que fraudava Auxílio Emergencial.


Torcedor detido por racismo | © Reprodução e Amanda Perobelli/Reuters
Crime
Torcedor argentino é detido por atos racistas contra torcida do Corinthians

O torcedor argentino fez atos racistas para a torcida do time paulista, imitando um macaco. Ele foi encaminhado ao 24º DP.


Homem é preso no Rio de Janeiro | © Reprodução
Crime
Homem suspeito de matar filho de PM em Alagoas é preso no RJ

Valter dos Santos Silva, de 27 anos, conhecido como Gordão, foi preso no Rio de Janeiro. Ele é suspeito de matar o filho de um PM em Alagoas.


publicidade