80 tiros, um homem morto por militares e o silêncio de Bolsonaro

Brasileiros aguardam o posicionamento do presidente Jair Messias Bolsonaro

Publicado em: 08/04/19 às 20:13

Por Redação


Jair Messias Bolsonaro / Veiculo Fuzilado por militares
Jair Messias Bolsonaro / Veiculo Fuzilado por militares

Na manhã desta segunda-feira, o Brasil acordou literalmente desnorteado após a noticia de um homem morto e outros dois feridos após a ação de uma guarnição do Exército Brasileiro.

O fato aconteceu no Rio de Janeiro, quando o senhor Evaldo dos Santos Rosa de 51 anos de idade, acompanhado de sua esposa, filho de 7 anos, sogro e uma amiga da família, tiveram seu veiculo literalmente fuzilado com mais de 80 tiros enquanto se dirigiam para um chá de bebê.

Logo após a confirmação de que o homem morto não se tratava de um criminoso, os militares deixaram o local, mas o próprio Exército emitiu uma ordem de prisão para 10 dos 12 militares que participaram da ação que resultou na morte do segurança e também músico.

Nota do Exército

“com base em informações iniciais transmitidas pela patrulha”, mas que, “em virtude de inconsistências identificadas entre os fatos inicialmente reportados e outras informações que chegaram posteriormente ao Comando Militar do Leste”, ficou determinado o afastamento dos militares.

Pericia Preliminar

Uma pericia preliminar no local do homicídio, constatou mais de 80 tiros disparados pelos 10 policiais já identificados e presos pelo próprio exército.

Redes sociais

Nas redes sociais, internautas questionam a ação dos militares, demonstrando indignação e repúdio.

Veja alguns comentarios:

1 – “80 tiros por engano. Não acreditam em gravidez por acidente, mas acreditam em 80 tiros por engano. Hummm. O I T E N T A. Brasileira, Sociedade. Abril, 2019.” escreveu um internauta.

2 – “No condomínio encontraram centenas de armas e não houve nenhum disparo, na favela um carro com uma família dentro desarmada recebe 80 tiros, parabéns aos envolvidos!” mais um comentário.

3 – ““Primeiro atira, depois aborda” “Policial terá licença pra matar” “Excludente de ilicitude pra militar” “Se o militar estiver sob forte emoção poderá ser perdoado” Brasil, 2019.” mais um comentário.

O silêncio de Bolsonaro

É claro e evidente que sempre que aconteceu uma catástrofe nacional, o presidente Jair Messias Bolsonaro se posiciona prestando sua comoção, por exemplo no caso do atentado em Suzano, São Paulo, quando dois jovem mataram 10 estudantes dentro de uma escola.

Outro exemplo foi no caso da barragem em Minas Gerais, rompimento de uma barragem de rejeitos da mineradora Vale, no município de Brumadinho.

Já se passam quase 48h e nenhum posicionamento do presidente Jair Messias Bolsonaro, nem do vice, General Mourão.


Vereadores de São José da Laje repudiam denúncia de contratação irregular

O BR104 conversou com o vereador Givanilson Ataíde, um dos citados na denúncia.

Há 48 minutos atrás | Redação

Organização Mundial da Morte? Questiona Damares sobre OMS sugerir aborto

A OMS (Organização Mundial da Saúde), incluiu o aborto como um serviço essencial para o combate ao covid-19.

Há 3 horas atrás | Redação

Alagoas tem 34 casos confirmados de coronavírus e 295 em investigação

Alagoas continua com dois óbitos confirmados por Covid-19 e as duas vítimas residiam em Maceió.

Há 3 horas atrás | Redação

Sobe para 4 o número de suspeitos de coronavírus em União dos Palmares

Além disso, um novo caso com Síndrome Gripal foi registrado.

Há 4 horas atrás | Redação

Prefeito de Maceió prorroga medidas de prevenção contra o coronavírus

O Município segue com situação de emergência em Saúde Pública diante da pandemia do coronavírus

Há 12 horas atrás | Redação

Sargento Nininho faz grave denúncia contra vereadores de São José da Laje

O serviço de fretes e transporte de encomendas prestado pelos vereadores representa um aumento de 233% comparado com o valor cobrado pelos próprios profissionais da câmara responsáveis por exercer o serviço.

Há 12 horas atrás | Redação

Caixa libera o aplicativo do Auxílio Emergencial: Saiba como cadastrar

Todas as informações sobre quem tem ou não direito ao auxílio, já estão disponíveis no site da Caixa.

Há 13 horas atrás | Redação

União dos Palmares: Novo decreto trás medidas mais severas contra o covid-19

As medidas atingem diversas categorias do município

Há 14 horas atrás | Redação

Homem é brutalmente assassinado a pauladas na madrugada desta terça-feira (7) em Maceió

A motivação do crime continua sendo desconhecida pela Polícia da capital

Há 14 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Bolsonaro vai demitir Mandetta, segundo “auxiliares do presidente”

A expectativa é de que o ex-ministro da Cidadania Osmar Terra seja o substituto de Mandetta.

Há 1 dia atrás | Redação