publicidade
publicidade
Chuvas em Alagoas

Semarh registra baixa no rio Mundaú após atingir cota de transbordamento

Por conta das chuvas que caem sobre Alagoas, o rio Mundaú em União dos Palmares voltou a atingir a cota de transbordamento.

Publicado:


Ponte sobre o rio Mundaú | © BR104
Ponte sobre o rio Mundaú | © BR104

Após um mês da enchente do dia 22 de julho de 2022, o rio Mundaú voltou a atingir sua cota de transbordamento nesta semana. Desde a madrugada da última terça-feira (03/8), que as chuvas caíram com uma intensidade maior.

Com isso, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh), registrou que o rio Mundaú, em União dos Palmares, havia ultrapassado sua cota de transbordamento, marcando 593 cm.

Comparando com o nível de alerta que é de 580 cm, a marca superou 13 cm a mais, o que causou preocupações. Além disso, o fato ocasionou transtornos, como foi o caso da pista que dá acesso a Serra da Barriga que foi interditada devido a água do rio, que invadiu a pista.

Nesta quinta-feira (04/8), a Semarh divulgou, no Alerta Hidrológico que o nível do rio Mundaú baixou e que a tendência é que permaneça em estabilidade. Mas, novamente tivemos uma madrugada chuvosa e que de acordo com a previsão do tempo é que essa chuva se estenda durante o dia.

Diante disso, é bom que as pessoas que ainda se encontrem próximo ao rio Mundaú, tenham atenção. Pois o nível do rio dependerá muito de como o clima vai se estabelecer durante o decorrer da semana.

veja também

BR-316 em Satuba | © Assessoria / PRF
Chuvas em Alagoas
PRF aponta risco iminente de desabamento na BR-316, em Satuba/AL

Risco iminente de desabamento no Km 264, da rodovia BR-316, no município de Satuba.


BR-101 interditada em Novo Lino | © Reprodução
Chuvas em Alagoas
Trecho da BR-101 em Novo Lino é interditado devido as fortes chuvas

O local foi interditado na noite desta quarta-feira (3/08), pela PRF.


Rio Mundaú em União dos Palmares | © Rayane
Chuvas em Alagoas
Mais de 800 famílias palmarinas estão cadastradas para recebimento do Auxílio-chuvas

Mais de R$ 3 milhões de reais serão injetados na economia da cidade pelo Governo do Estado nos próximos quatro meses.


Assistência Social de Murici | © Reprodução
Chuvas em Alagoas
Murici inicia cadastro do Auxílio-chuva para famílias desabrigadas

A cidade foi uma das mais afetadas pela enchente ocorrida no início do mês em Alagoas.


Lula e Bolsonaro | © Ricardo Stuckert e Agência Brasil
Chuvas em Alagoas
Chuvas em AL: Em 2010, Lula destinou R$ 301 Mi para o estado, enquanto Bolsonaro mandou apenas R$ 20,1 Mi em 2022

O número de desabrigados em 2022 é de 68 mil, já em 2010 o estado teve menos de 20 mil desabrigados.