publicidade
publicidade
Chuvas em Alagoas

Prefeitura de Santana do Mundaú inicia ações de recuperação do município após enchente

Além das residências, mais de 80 pontos comerciais e diversos prédios públicos sentiram o impacto das chuvas e foram danificados.

Publicado:


Prefeito de Santana do Mundaú, Arthur Freitas | © Assessoria
Prefeito de Santana do Mundaú, Arthur Freitas | © Assessoria

Após dias difíceis, a prefeitura de Santana do Mundaú deu início ao cronograma de ações para a recuperação das áreas afetadas e de assistência aos atingidos pela enchente do último fim de semana. Desde sábado (1/07), além dos problemas causados pelas fortes chuvas, os mundauenses sofreram com a falta de energia, internet, telefone e água potável. O acesso a diversas regiões da zona rural e também na via que liga o município à União dos Palmares, foi comprometido.

Além das residências, mais de 80 pontos comerciais e diversos prédios públicos sentiram o impacto das chuvas e foram danificados. Diversos trechos de pavimentação asfáltica e também das recentes vias que receberam o programa Minha Cidade Linda, ficaram prejudicados. As pontes do centro da cidade, Sítios Mirim e Água Fria, ficaram avariadas; já as dos sítios Brenhas e Ilha Grande, sofreram maior comprometimento na sua estrutura.

Na segunda-feira (4), por volta das 19h, a energia foi restabelecida; e por meio da Secretaria de Infraestrutura, a prefeitura realizou os serviços que garantiram a liberação da passagem da ponte que liga o município à União dos Palmares.

Também foram iniciados os trabalhos de limpeza para retirada de entulhos, lixo e lama das vias públicas. Nesta terça-feira (5/07), o prefeito Arthur Freitas esteve pessoalmente, acompanhando os serviços realizados no sistema de captação de água, que com o alto volume de chuvas, precisa de uma limpeza adequada para que o abastecimento seja normalizado.

A primeira-dama, Katherine Farias, e o secretário de Educação, André Castro, estiveram visitando as 25 pessoas desabrigadas e alojadas na Escola Pequeno Príncipe. As famílias receberam kits de higiene pessoal, lençóis, e também estão sendo assistidas com as principais refeições do dia.

A Secretaria de Assistência Social iniciou o levantamento ‘porta a porta’ para mapear as perdas e principais necessidades das cerca de 340 famílias que estão desalojadas ou que foram afetadas pelos deslizamentos. Já a secretaria de Saúde tem realizado o acompanhamento médico com a dispensação de medicamentos; visitas com psicólogos e fisioterapeutas; atualização da situação vacinal da população; fornecimento de máscaras e álcool, realização dos testes de antígeno para COVID-19, entre outros.

– Passamos dias difíceis em razão das chuvas, e eles se tornaram ainda mais complicados, pela ausência total de energia, internet, colapso no abastecimento de água e comprometimento da principal via de acesso ao nosso município. Ficamos ilhados e sem comunicação externa, mas com muito foco, montamos uma verdadeira força-tarefa, onde assim que as águas diminuíram, iniciamos o trabalho de recuperação e reconstrução das áreas afetadas, e principalmente, de assistência aos mundauenses atingidos por essa calamidade. Com planejamento e união de esforços, tenho certeza que iremos dar o auxílio necessário para que todos possam superar esse momento e seguir em frente com mais garra – disse o prefeito Arthur Freitas.

*Assessoria
veja também

Ponte sobre o rio Mundaú | © BR104
Chuvas em Alagoas
Semarh registra baixa no rio Mundaú após atingir cota de transbordamento

Por conta das chuvas que caem sobre Alagoas, o rio Mundaú em União dos Palmares voltou a atingir a cota de transbordamento.


BR-316 em Satuba | © Assessoria / PRF
Chuvas em Alagoas
PRF aponta risco iminente de desabamento na BR-316, em Satuba/AL

Risco iminente de desabamento no Km 264, da rodovia BR-316, no município de Satuba.


BR-101 interditada em Novo Lino | © Reprodução
Chuvas em Alagoas
Trecho da BR-101 em Novo Lino é interditado devido as fortes chuvas

O local foi interditado na noite desta quarta-feira (3/08), pela PRF.


Rio Mundaú em União dos Palmares | © Rayane
Chuvas em Alagoas
Mais de 800 famílias palmarinas estão cadastradas para recebimento do Auxílio-chuvas

Mais de R$ 3 milhões de reais serão injetados na economia da cidade pelo Governo do Estado nos próximos quatro meses.


Assistência Social de Murici | © Reprodução
Chuvas em Alagoas
Murici inicia cadastro do Auxílio-chuva para famílias desabrigadas

A cidade foi uma das mais afetadas pela enchente ocorrida no início do mês em Alagoas.