Como ‘troféu’: Vigilante mata colega de trabalho e ‘desfila’ com cabeça na rua

Outro homem, identificado como Israel Nascimento Borges, de 30 anos, também se feriu na ação e foi socorrido por populares


Publicado em: 03/09/19 às 10:28 por Redação | BR104 | Atualizado em 04/09/2019 às 8:01



Mateus foi preso ensanguentado depois de decapitar colega de trabalho — © Samir Alouan/Jornal Pontal/POntal Online/97FM/Divulgação

Minas Gerais — Moradores de Frutal, em Minhas Gerais, presenciaram uma cena digna de um filme de terror que aconteceu no último sábado (31). Um jovem de 23 anos assassinou o colega de trabalho, de 45 anos, o decapitou e chegou a caminhar com a cabeça da vítima pelas ruas até ser preso pela polícia. Outro homem, identificado como Israel Nascimento Borges, de 30 anos, também se feriu na ação.

Os três eram colegas de trabalho, funcionários do Matadouro Municipal da Frutal. O autor do crime, Mateus Henrique Machado de Souza, trabalha como vigilante e estaria em um local próximo, na rua Professor Carlos Justino, onde foi preso. Já a vítima, Fernando Gomes Ferreira, trabalhava como motorista do matadouro, e atuava na entrega de carnes na cidade.

Testemunhas informaram que tudo começou quando Fernando chamou Mateus e Israel para comemorar seu aniversário em uma chácara próxima. O trio teria discutido e Mateus chegou a ser agredido. Ele deixou o local e foi até o matadouro para trabalhar, mas os outros dois também foram até o local, onde tiveram uma nova discussão. Nesse momento, Mateus acertou Israel com uma faca bastante afiada, usada na manipulação das carnes.

Vigilante mata colega de trabalho e 'desfila' com cabeça na rua — © Samir Alouan/Jornal Pontal/POntal Online/97FM/Divulgação

Vigilante mata colega de trabalho e ‘desfila’ com cabeça na rua — © Samir Alouan/Jornal Pontal/POntal Online/97FM/Divulgação

Fernando também foi atingido e continuou discutindo com o acusado, momento em que teve a cabeça cortada com a mesma faca. Testemunhas disseram ainda que Mateus saiu com a cabeça da vítima e andou por cerca de 100 metros até a casa de um outro funcionário do matadouro, onde desferiu golpes de faca contra ele mesmo, na tentativa de se matar.

+ Ao ver polícia, homens tentam se desfazer de sacola e acabam presos em União

A polícia foi acionada e prendeu o suspeito em casa. Chegando ao imóvel, os militares o encontraram todo ensanguentado e com a cabeça decapitada da vítima. Após negociação, o jovem acabou se entregando e foi socorrido para o Hospital Frei Gabriel, já que ele apresentava cortes no peito, nos braços e no maxilar.

O outro amigo ferido pelo rapaz foi levado por moradores para a mesma unidade de saúde. Ele apresentava um ferimento na região abdominal estando também com as vísceras expostas. Não há informações sobre o estado de saúde dele.

*com informações de agências