Ministra Damares desmente fake news sobre mulher que teve aposentadoria negada

Ministra desmentiu as noticias vinculadas a respeito da ex-sinaleira com mãos e pernas amputadas que teve o INSS recusado

Publicado em: 31/01/20 às 8:02 | Atualizado em 31/01/2020 10:11
Por Johny Lucena | BR104


Ministra dos direitos humanos — © Reprodução
Ministra dos direitos humanos — © Reprodução

Brasil — A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, utilizou seu perfil do Instagram para falar a respeito do caso da ex-sinaleira Cleomar Marques, que teve as mãos e pernas amputadas e que supostamente teve o beneficio do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) negado por não poder assinar.

Na postagem, a ministra esclareceu que o beneficio de Cleomar foi negado por conta dos documentos apresentados conterem erros e não por ela não poder assinar, como foi divulgado em vários meios de comunicação.

+ Nordeste registra primeiro caso suspeito de coronavírus

“De maneira mentirosa, diversos canais da mídia veicularam que uma cidadã com deficiência lá de Rondônia estava sendo impedida pelo INSS de receber o beneficio, pelo fato de não ter mãos para assinar os documentos para requerer sua aposentadoria. A maneira como parte da mídia manipulou a história, fez com que a honra dos profissionais do INSS, do Diretor do órgão e até mesmo do Governo Federal fosse colocado em cheque. Pois bem, a história é bem diferente. Eu conto para vocês neste vídeo”, escreveu a ministra em vídeo.

A ministra criticou as notícias espalhadas de forma equivocada com a intenção de denigrir a imagem do Governo Federal. “Não é com mentiras que vocês vão derrubar o governo Bolsonaro. Esse governo trabalha com a verdade e com transparência”, disse a ministra.

O governador do estado de Rondônia Marcos Rocha (PSL), se prontificou a cuidar da Cleomar durante o período que ela não receber nenhum beneficio do governo federal.

Assista:

 

Ver essa foto no Instagram

 

MAIS UMA FAKE NEWS DESMASCARADA! De maneira mentirosa, diversos canais da mídia veicularam que uma cidadã com deficiência lá de Rondônia estava sendo impedida pelo INSS de receber o beneficio, pelo fato de não ter mãos para assinar os documentos para requerer sua aposentadoria. A maneira como parte da mídia manipulou a história, fez com que a honra dos profissionais do INSS, do Diretor do órgão e até mesmo do Governo Federal fosse colocado em cheque. Pois bem, a história é bem diferente. Eu conto para vocês neste vídeo. Assistam! @jairmessiasbolsonaro @michellebolsonaro @carlosbolsonaro @carla.zambelli @filipebarrosoficial @priscilacosta @magnomalta #br #brasil #brazil #DireitosHumanosParaTodos #mdh #bpc #pessoacomdeficiencia #GovernoDaInclusao #governobolsonaro

Uma publicação compartilhada por Damares Alves (@damaresalvesoficial1) em


Covid-19: Polícia invade culto e prende pastor por descumprir decreto

Foram os vizinhos que ligaram para a polícia e registraram a denúncia, temendo a contaminação por coronavírus.

Há 4 horas atrás | Redação

Coronavírus: Sobe para 17 o número de casos em Alagoas

Em União dos Palmares, os 5 casos suspeitos de contágio por coronavírus seguem sem resultado, e por tanto, ainda estão sendo tratados como suspeitos.

Há 5 horas atrás | Redação

Quarentena: com 4 filhos e marido com fratura na perna, mãe pede ajuda

A família é da cidade de União dos Palmares, interior do estado de Alagoas

Há 1 dia atrás | Redação

Coronavale: cerca de 24 milhões de brasileiros poderão ser beneficiados

A medida pode sofrer alterações no Senado ou ser vetada pela presidência

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

União dos Palmares registra o 5º caso suspeito do novo coronavírus

Dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde da cidade

Há 1 dia atrás | Redação

Governo de Alagoas anuncia contratação de 400 profissionais da área da saúde

As vagas serão disponibilizadas para médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, assistentes sociais e outros profissionais

Há 1 dia atrás | Johny Lucena | BR104

Em meio a crise do coronavírus, Ibateguara sofre com “água suja” nas torneiras

Apesar de vários vídeos mostrando a má qualidade da água, o diretor da autarquia disse que "dá para usar tranquilamente"

Há 1 dia atrás | Redação

FAF prorroga suspensão do Alagoano até o dia (20) de abril

O campeonato estadual já havia sido suspenso por 15 dias desde o último dia 16 deste mês

Há 2 dias atrás | Johny Lucena | BR104

Alagoas já tem 302 casos suspeitos de coronavírus: Confira quais as cidades

Dos casos confirmados via exame laboratorial, 11 são provenientes de Maceió e um é natural de Porto Real do Colégio

Há 2 dias atrás | Redação

Dr. Lair Ribeiro emite comunicado sobre o coronavírus

O médico alerta que é importante seguir as recomendações do Ministério da Saúde sobre o Covid-19

Há 2 dias atrás | Redação