publicidade
publicidade
Brasil

Justiça dá salvo-conduto para plantação de maconha destinada a fins medicinais

"Taxar de maldita uma planta porque há um preconceito com ela, sem um cuidado maior em se verificar os benefícios que seu uso pode trazer, é de uma irresponsabilidade total”, disse o relator da ação.

Publicado: | Atualizado em 15/06/2022 10:25


publicidade
publicidade
publicidade
Plantação da maconha | © Reprodução
Plantação da maconha | © Reprodução

A Sexta Turma do Supremo Tribunal de Justiça (STF) concedeu, salvo-conduto, o cultivo artesanal de cannabis Sativa para fins medicinais. A decisão foi julgada em dois casos destintos, que permitiu o cultivo da planta como forma de tratamento de estresse pós-traumático, fobias sociais e ansiedade.

Com a decisão, os brasileiros que precisam da extração do óleo da cannabis podem cultivar a planta sem ser alvo de investigação.

O ministro Sebastião Reis Júnior, relator da proposta explica que: “O cultivo da planta psicotrópica para extração do princípio ativo é conduta típica apenas se desconsiderada a motivação e a finalidade da plantação”.

Anda segundo o ministro, vários países pelo mundo já legalizaram o plantio de cannabis para fins medicinais: “Simplesmente taxar de maldita uma planta porque há um preconceito com ela, sem um cuidado maior em se verificar os benefícios que seu uso pode trazer, é de uma irresponsabilidade total”, afirmou.

– O ponto em discussão é a aparente contradição entre a norma penal incriminadora e a omissão do Estado Brasileiro em regulamentar o plantio, a cultura e a colheita de vegetais, substratos, dos quais possam ser extraídas ou produzidas drogas, especificamente a maconha e o cannabidiol – completou.

publicidade
veja também


Varíola dos macacos | © Reprodução
Brasil
Casos de varíola dos macacos aumentam no Brasil

O Brasil já soma 5 casos confirmados de varíola dos macacos. Todos os pacientes no país até agora estiveram na Europa recentemente.


Sepultamento de vítima da Covid-19 | © Veetmano Prem/Código 19/Estadão Conteúdo
Brasil
COVID-19: Número de casos segue em alta no Brasil; 127 mortes em 24 horas

No último sábado (11/6), o Ministério da Saúde confirmou 127 novas mortes por Covid-19, nas últimas 24 horas.


Paulo Guedes | © Isac Nóbrega
Brasil
Paulo Guedes comemora desaceleração da inflação em maio

Paulo Guedes, ministro da Economia, comemorou a desaceleração da inflação que recuou de 1,06% em abril para 0,47% em maio.


Dinheiro foi encontrado em casa de investigado em Goiânia | © Reprodução
Polícia
PF encontra cerca de R$ 1 milhão embalado em mala durante operação

Ação teve como objetivo combater um grupo suspeito de comprar produtos químicos em quantidades maiores do que indústrias farmacêuticas e misturar à cocaína.


publicidade