Brasil

Erro médico: Mulher trata câncer inexistente por seis anos e é indenizada em R$ 200 mil

Paciente descobriu que nunca teve metástase óssea quando mudou de plano de saúde seis anos depois.

Publicado: | Atualizado em 12/01/2024 15:46


Erro médico fez com que paciente tratasse câncer inexistente por seis anos | © Reprodução
Erro médico fez com que paciente tratasse câncer inexistente por seis anos | © Reprodução

Uma empresa de saúde foi condenada pela Justiça de São Paulo a pagar uma indenização de R$ 200 mil a uma paciente que tratou de um câncer inexistente por seis anos devido a um erro médico.

O caso aconteceu em São Bernardo do Campo, em São Paulo. De acordo com informações veiculadas no site g1, a paciente, de 54 anos, foi diagnosticada corretamente com câncer de mama em 2010 e passou pelo procedimento de de mastectomia.

Um ano depois, ela recebeu outro diagnóstico, dessa vez, erroneamente, que dizia que ela estava com metástase óssea, quando o câncer se espalha para o osso.

A mulher passou a fazer o tratamento de quimioterapia, que, segundo ela, cada sessão foi uma tortura. O erro só foi descoberto seis anos depois, quando ela mudou de plano de saúde, pois a nova equipe médica suspeitou do diagnóstico e solicitou um exame de PetScan.

O exame comprovou que a paciente nunca teve metástase óssea. Outra tomografia foi feita para ter certeza, e deu o mesmo resultado.

Conforme a decisão da Justiça, devido ao tratamento equivocado que causou fortes efeitos colaterais, como dor crônica, insônia, perda óssea e de dentição e limitação funcional dos movimentos da perna, se fez necessário condenar a empresa a pagar R$ 200 mil de indenização à paciente.

 


Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Maria Vitória dos Santos, de 15 anos | @ Reprodução
Brasil
Adolescente de 15 anos é morta a tiros por namorado de 56 na PB

Além de feminicídio, o suspeito deve responder também por estupro de vulnerável.



Três atletas e uma estudante foram as vítimas do acidente | @ Reprodução
Brasil
Quatro jovens morrem em acidente de carro a caminho de competição de basquete

As vítimas tinham entre 16 e 20 anos de idade; o acidente aconteceu no Rio Grande do Sul.


@ Reprodução
Brasil
Criança morre após levar tiro acidental de arma do pai em São Paulo

O pai foi preso preso em flagrante por porte ilegal de arma.


Marlúcia Machado, de 51 anos | @ Arquivo pessoal
Brasil
Mulher morre após ser diagnosticada com “crise de ansiedade” e receber alta de hospital

Segundo familiares, a mulher soube que o hospital estava em bandeira vermelha e por isso só seriam atendidos casos urgentes e de emergência.