Brasil

Em cerimônia no Itamaraty, Lula afirma: “não precisamos gostar” do novo presidente argentino

A citação foi feita durante a cerimônia de formatura dos futuros diplomatas do Instituto Rio Branco, no Palácio Itamaraty.

Publicado:


Lula, presidente do Brasil | © Vinícius Schmidt/Metrópoles
Lula, presidente do Brasil | © Vinícius Schmidt/Metrópoles

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou, nesta terça-feira (21), que é preciso priorizar as políticas de Estado nas relações internacionais, mesmo que haja divergências políticas entre os países.

“Não precisamos gostar do presidente da Argentina, da Venezuela, do Chile. Ele não precisa ser meu amigo, mas ele tem que ser presidente do país dele e eu tenho que ser presidente do meu país. Nós temos que trabalhar juntos”, disse Lula durante a cerimônia de formatura dos futuros diplomatas do Instituto Rio Branco, no Palácio Itamaraty.

O presidente ressaltou a importância de uma cooperação regional fortalecida, assim como relações próximas ao continente africano. “A América Latina e a África têm muito a ganhar trabalhando juntas”, afirmou.

Lula também destacou a necessidade de uma diplomacia ativa e assertiva durante sua fala. “O Brasil tem que ser respeitado no mundo”, disse.

Assuntos

LulaPolitica

Comentários


    Entre para nossos grupos

    Telegram
    Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
    WhatsApp
    Entre e receba as notícias do dia
    Entrar no Grupo


 
 
 
Especiais

Especial
Livro ensina técnica de leitura usada por Sherlock Holmes para expandir a memória

Aprenda a Melhorar sua Memória, Lendo até 10 Vezes Mais Rápido e Retendo Até 100% do Conteúdo


veja também

Maria Vitória dos Santos, de 15 anos | @ Reprodução
Brasil
Adolescente de 15 anos é morta a tiros por namorado de 56 na PB

Além de feminicídio, o suspeito deve responder também por estupro de vulnerável.



Três atletas e uma estudante foram as vítimas do acidente | @ Reprodução
Brasil
Quatro jovens morrem em acidente de carro a caminho de competição de basquete

As vítimas tinham entre 16 e 20 anos de idade; o acidente aconteceu no Rio Grande do Sul.


@ Reprodução
Brasil
Criança morre após levar tiro acidental de arma do pai em São Paulo

O pai foi preso preso em flagrante por porte ilegal de arma.


Marlúcia Machado, de 51 anos | @ Arquivo pessoal
Brasil
Mulher morre após ser diagnosticada com “crise de ansiedade” e receber alta de hospital

Segundo familiares, a mulher soube que o hospital estava em bandeira vermelha e por isso só seriam atendidos casos urgentes e de emergência.