Correios podem entrar em greve a partir desta quarta-feira (31)

Categoria realiza, nesta terça, a última reunião prevista no calendário de negociação, em Brasília

Publicado em: 30/07/19 às 14:47

Por Redação


Categoria realiza, nesta terça, a última reunião prevista no calendário de negociação, em Brasília — © Divulgação
Categoria realiza, nesta terça, a última reunião prevista no calendário de negociação, em Brasília — © Divulgação

Brasil — Os Correios anunciaram que entrarão em greve a partir da noite desta quarta-feira  (31). Desde a manhã desta terça-feira (30), a categoria realiza a última reunião prevista no calendário de negociação com os Correios, em Brasília. A greve foi anunciada ao presidente dos Correios, Floriano Peixoto, na última segunda (29).

De acordo com Fischer Moreira, secretário de imprensa da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect), a categoria protesta contra o baixo “reajuste salarial e contra a retirada de direitos históricos da categoria”.

Ainda segundo o secretário, apesar do indicativo de paralisação, os trabalhadores não descartam novas negociações. “Ainda que tenha uma data marcada para greve, o comando continua a disposição de negociar. Entendemos o momento da empresa, mas é necessário também ver o lado do trabalhador”, afirma Moreira.

+ Mais uma declaração de Bolsonaro vira polêmica no Brasil

Uma das alterações propostas pela empresa é a exclusão de pais como dependentes no plano de saúde dos funcionários e aumento na coparticipação do plano, que hoje está por volta de 30%. O reajuste salarial proposto é de 0,8%, valor considerado irrisório pela federação.

Os Correios afirmaram que “continuam em negociação com representações dos empregados”, com mediação do Tribunal Superior do Trabalho, e que “não é oportuno tratar de greve neste momento”.


Covid-19: Mudança no sistema causa “confusão” no número de casos suspeitos em Alagoas

Desde a mudança, os municípios como União dos Palmares, por exemplo, ficaram impedidos de notificar ao núcleo responsável pela atualização do Boletim do CIEVS, sobre novos casos. 

Há 18 minutos atrás | Redação

Semarh emite alerta de possível inundação em Santana do Ipanema

O nível do Rio Ipanema está apenas 81 cm abaixo da cota de inundação, que é de 445 cm

Há 2 horas atrás | Johny Lucena | BR104

Ministro da Alemanha comete suicídio preocupado com o coronavírus

Schaefer, de 54 anos, era casado e pai de dois filhos. Ele foi encontrado morto no sábado perto de uma via férrea.

Há 3 horas atrás | Redação

Coronavale: Pagamento de auxílio de R$600 deve ser votado hoje

Após aprovação no Senado Federal o projeto deve ser sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro

Há 3 horas atrás | Redação

Árvore cai e destrói parte do muro da Av. Monsenhor Clóvis em União

A árvore não resistiu as ações da chuva e dos fortes ventos que atingiram o município durante o fim de semana

Há 4 horas atrás | Redação

Covid-19: Polícia invade culto e prende pastor por descumprir decreto

Foram os vizinhos que ligaram para a polícia e registraram a denúncia, temendo a contaminação por coronavírus.

Há 16 horas atrás | Redação

Coronavírus: Sobe para 17 o número de casos em Alagoas

Em União dos Palmares, os 5 casos suspeitos de contágio por coronavírus seguem sem resultado, e por tanto, ainda estão sendo tratados como suspeitos.

Há 17 horas atrás | Redação

Quarentena: com 4 filhos e marido com fratura na perna, mãe pede ajuda

A família é da cidade de União dos Palmares, interior do estado de Alagoas

Há 2 dias atrás | Redação

Coronavale: cerca de 24 milhões de brasileiros poderão ser beneficiados

A medida pode sofrer alterações no Senado ou ser vetada pela presidência

Há 2 dias atrás | Johny Lucena | BR104

União dos Palmares registra o 5º caso suspeito do novo coronavírus

Dados foram divulgados pela Secretaria de Saúde da cidade

Há 2 dias atrás | Redação