publicidade
publicidade
Brasil

Com fome, pessoas disputam ossos de boi em caminhão de frigorífico

Antes de doar as pessoas, o frigorífico destinava os ossos aos cachorros

Publicado: | Atualizado em 30/09/2021 14:30


Caminhão com ossos -  Foto: Domingos Peixoto
Caminhão com ossos - Foto: Domingos Peixoto

Depois de o Brasil ficar chocado com a chamada “fila do osso” que acontece em um frigorifico em Cuiabá (MT), onde dezenas de pessoas recorrem para receber sobra de ossos que normalmente serviriam como refeição para os cachorros, e que passaram a matar a fome de várias pessoas naquela cidade, uma cena similar voltou a figurar na capa de jornais e dos principais portais de notícias do pais.

Na cidade do Rio de Janeiro, no bairro Glória – Zona Sul, o dono de um frigorifico também decidiu mudar o destino dos ossos e restos de carne, e ao invés de doar para pessoas quem buscava para cachorros, ao perceber que muita gente pedia para consumo próprio, permitiu que os funcionários organize filas para que moradores carentes recolham os ossos semanalmente.

Foi criado uma espécie de ponto de distribuição de ossos dentro de um caminhão, onde o morador entra e escolhe entre as carcaças o que quer levar para alimentar a família. O caso foi divulgado inicialmente pelo jornal Extra.

Autoridades ainda não se manifestaram sobre os cuidados sanitários ou se o frigorífico pode continuar fazendo as doações, no entanto, moradores alegam que não conseguem comprar carne devido o aumento nos preços, e que recorrer aos ossos é a única alternativa para muitos.

veja também

Mulher agredida pelo marido - imagem ilustrativa
Brasil
Em briga por bicicleta, homem joga óleo quente na mulher

A mulher teve queimadura de primeiro grau no pescoço e no braço


Ministra Damares Alves
Brasil
Após veto de Bolsonaro, Damares anuncia programa para distribuição de absorventes

Bolsonaro vetou o trecho da Lei que previa a distribuição do item a mulheres vulneráveis


Imagem ilustrativa de abuso contra criança | © Reprodução
Polícia
Homem é preso por violência sexual e psicológica contra seis pessoas da mesma família

Segundo a polícia, a família vivia em situação extrema de vulnerabilidade e sujeita aos abusos praticados pelo investigado.


Carlos Massatoshi Higa posa com equipe do Hospital São Camilo e familiares | © Arquivo Pessoal
Brasil
Curado da Covid, idoso tem alta de hospital e recebe uma dívida de R$ 2,6 milhões

Carlos Higa, de 72 anos, recebeu alta na segunda-feira (4), e além da dívida, precisa lidar com as sequelas da doença.


Vizinhos salvam bebês gêmeos que estavam sozinhos em casa que pegou fogo em Goiânia | © Reprodução/TV Anhanguera
Brasil
Vizinhos arrombam portão de casa e salvam bebês gêmeos de incêndio

As crianças, de um ano e meio, estavam sozinhas no imóvel. A mãe, de 18 anos, disse que tinha ido ao supermercado.