Candidato a prefeito no MA é acusado de matar o pai para ‘evitar descoberta de furtos’

Segundo a Justiça, Júnior roubava gados das fazendas do pai para honrar dívidas de sua campanha eleitoral, e o matou para não ser descoberto.

Publicado em: 19/10/20 às 10:21 | Atualizado em 19/10/2020 16:27
Por Gustavo Lopes | BR104


Júnior do Nerzim ao lado do pai em 2016 — © Reprodução
Júnior do Nerzim ao lado do pai em 2016 — © Reprodução

O empresário Manoel Mariano de Souza Filho (PSC), conhecido como “Júnior do Nenzim” e candidato a prefeito de Barra do Corda, no Maranhão, é acusado de matar o pai, que já comandou a cidade por três vezes. Manoel nega o crime, que aconteceu em 6 de dezembro de 2017.

O apelido de Júnior é referência ao pai, Manoel Mariano de Sousa, mais conhecido como “Nenzim”, assassinado aos 78 anos, com um tiro na lateral direita do pescoço. O inquérito policial concluiu que o disparo foi dado à queima-roupa, de uma distância estimada entre 5 cm e 30 cm.

No entanto, a versão contada por Júnior traz o relato de que no dia do crime, ele tinha ido à casa do pai para levá-lo a uma reunião com o advogado da família. No caminho, a camionete fez uma parada numa rua deserta no loteamento Morada do Rio Corda, porque, segundo ele, o pai havia pedido para urinar.

Neste momento, Júnior disse ter escutado um barulho do lado de fora do veículo, Ele chamou pelo pai, mas não teve resposta.”Eu disse: ‘Pai, você tá passando mal?’ Aí também ele não falou mais. Eu fiquei já sem ação”, disse o candidato em depoimento ao juiz de Barra do Corda no ano passado.

Ele afirmou que telefonou para seu advogado, Luís Augusto Bonfim Neto, para dizer que “Nenzim” estava “passando mal”. Antes de chegar à casa do advogado, disse Júnior, ele viu “um pouquinho de sangue” saindo do ouvido do pai, que também teria vomitado.

Manoel chega para depor à polícia em 2017 sob acusação de ter matado o pai — © Frame internet/TV Cidade Presidente Dutra

Manoel chega para depor à polícia em 2017 sob acusação de ter matado o pai — © Frame internet/TV Cidade Presidente Dutra

O idoso foi levado para uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde Júnior também precisou ser atendido porque teria passado mal. O ex-prefeito foi então transferido para um hospital em outra cidade, a 100 km de Barra do Corda, mas morreu no meio do caminho.

Para o Ministério Público (MP), o depoimento de Júnior é “insustentável” e que a Polícia Civil identificou que o carro em que ele estava com o pai passou por uma limpeza completa após o crime. O veículo “foi apreendido já lavado e sem o banco do passageiro, que havia sido retirado porque estava encharcado de sangue”.

Segundo a Justiça, Manoel roubava gados das fazendas do pai para honrar dívidas de sua campanha eleitoral e que o crime aconteceu depois que Nenzim pediu para o filho que fosse com ele para recontar os animais. Ele então o matou para “evitar a constatação dos furtos”.

Júnior ficou preso até outubro de 2019, quando 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Maranhão aceitou um habeas corpus para que ele aguarde o julgamento em liberdade. Ele alega que não pode ser impedido de se candidatar porque ainda não tem uma condenação.

*com Agências

 


JHC dialoga com feirantes e garante uma Prefeitura ao lado do povo

Candidato propõe circuito dos mercados para valorizar a cultura local e gerar renda

Há 8 horas atrás | Redação

Na TV, Alfredo Gaspar mostra agressividade e fala até da Mãe de JHC

Falou mal de Ronaldo Lessa, atribuindo ao mesmo à vinda para Maceió de Fernandinho Beira-Mar, que foi transferido para Alagoas pela polícia federal.

Há 8 horas atrás | Redação

Mototaxista é atropelado e tem moto arrastada por veículo em União

Em vídeos gravados por testemunhas, o motorista do veículo apresenta sinais de alcoolemia, e em um dos vídeos alguém diz ter visto cerveja dentro do carro.

Há 14 horas atrás | Redação

Vídeo: Homem fica ferido em acidente na Zona Rural de União

Após receber os primeiros socorros no local, o homem foi conduzido até o Hospital Regional da Mata (HRM).

Há 15 horas atrás | Redação

Google investe em startup desenvolvedora de games no Nordeste

Ao todo, foram seis empresas fundadas e lideradas por negros que receberam apoio do Google for Startups Brasil

Há 15 horas atrás | Johny Lucena | BR104

“Emissora comandada por Rui Palmeira descumpriu regras do Debate” afirma JHC

“Tô pronto pra debater. Fiz isso à vida inteira. Desafio o candidato do prefeito a debater comigo num lugar neutro e com regras justas. Bora!” Desafiou JHC.

Há 1 dia atrás | Redação

Homem negro é morto por PM e segurança de supermercado do grupo Carrefour em Ponto Alegre

Os dois foram presos por agredir e matar João Alberto Silveira Freitas, de 40 anos.

Há 1 dia atrás | Redação

Morte de membro da família real em The Crown deixa série ainda mais dramática

A forma como a morte do membro da família real é retratada na série, se aproxima muito da realidade, segundo historiadores ingleses. 

Há 1 dia atrás | Redação

Serra da Barriga recebe poucos visitantes no 20 de Novembro

Uma novidade foram as estátuas de vultos negros da época do Quilombo, que foram expostas na subida da Serra da Barriga.

Há 1 dia atrás | Redação

Padrinho: Renan Calheiros intensifica presença em campanha de Alfredo Gaspar

Para não ter uma segunda decepção e não perder a eleição, Renan Calheiros Filho intensifica sua presença na campanha.

Há 2 dias atrás | Redação