publicidade
publicidade
Branquinha

Em cumprimento de mandado, PF faz buscas nas Prefeituras de Branquinha e Boca da Mata

Cumprimento faz parte da Operação Sesmaria, desencadeada nesta terça-feira (27), em diversos municípios alagoanos

Publicado: | Atualizado em 14/12/2018 15:40


Branquinha – Também alvo da Operação Sesmaria, o município de Branquinha, localizado na Zona da Mata alagoana, recebeu na manhã desta terça-feira (27), os agentes da Polícia Federal, auditores da CGU e da RFB para averiguação de documentação relacionadas a contratos e licitações.

A equipe do BR104 esteve na prefeitura do município e flagrou uma intensa movimentação de funcionários na sede do órgão, que teve seu funcionamento alterado para que os agentes da Polícia Federal (PF) pudessem realizar os trabalhos de averiguação. Ninguém podia entrar na sede até a conclusão dos trabalhos.

+ Em Alagoas, PF cumpre mandados de busca e apreensão em prefeituras

Ainda durante a reportagem, a equipe do BR104 foi impedida pelo secretário da primeira dama, identificado apenas como Leandro, de gravar imagens de dentro do estacionamento da sede do órgão público.

Durante a reportagem, a equipe foi impedida de ter acesso ao estacionamento do órgão (Crédito: BR104)

Durante a ação, os policiais federais permaneceram durante todo o tempo dentro da sede do órgão analisando documentações de licitações da atual gestão, comandada pelo prefeito Jairinho Maia (PSDB), que não estava no local. Nossa equipe tentou conversar com os agentes federais, mas fomos informados de que eles não poderiam passar maiores detalhes sobre a operação.

A assessoria de comunicação da Prefeitura do município divulgou por meio de rede social, que não houve apreensão de documentos da gestão atual, nem tampouco prisões, e que ainda nesta terça emitirá uma nota de esclarecimento sobre o fato.

Apreensão e prisão em Boca da Mata

Já no município de Boca da Mata, um dos principais alvos da Operação Sesmaria, foram encontrados anomalias em contratos firmados entre 2013 e 2017 relativos ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e ao Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate).

De acordo com informações da CGU, o esquema consistia em desviar recursos públicos de contratos de fornecimento de combustíveis e de locação de veículos e de máquinas de município alagoanos. O prejuízo aos cofres públicos já ultrapassam R$ 4,5 milhões e podem chegar a R$ 80 milhões, considerando o total de contratos sob investigação.

Os acusados, que deverão ser acusados de fraude em licitação, associação criminosa, corrupção ativa e passiva, lavagem de dinheiro, podem ser condenados a até 50 anos de prisão. Logo nas primeiras horas da operação foram apreendidos mais de dez veículos de luxo, entre eles Range Rover, Camaro, Mercedes, entre outros.

veja também

Branquinha | © Reprodução
Chuvas em Alagoas
Nível do Rio Mundaú sobe e preocupa moradores de Branquinha

Desde a manhã desta sexta-feira (1/07), o nível da água do rio mostra uma elevação considerável.


Neno Freitas, prefeito de Branquinha | © Assessoria
Branquinha
Programa Comida na Mesa: Prefeitura de Branquinha entrega nova remessa de cestas

A iniciativa vai distribuir, mensalmente, cestas básicas a famílias que possuem renda mensal de no máximo R$ 200 reais.


Retroescavadeira recuperando acesso a zona rural de Branquinha | © Assessoria
Branquinha
Prefeitura de Branquinha intensifica serviços de recuperação de acesso à zona rural

Os trabalhos foram realizados nos acessos a Santa Tereza, Guanabara, Duas Estradas e Vila do Rei.


Acidente em Branquinha | © Reprodução
Branquinha
Homem morre após ser atropelado por um ônibus em Branquinha

Um homem morreu após ser atropelado por um ônibus em Branquinha. Estiveram no local do acidente, o Corpo de Bombeiros, o Samu e a PRF.


Suspeito fugiu e deixou arma que teria sido usada para ameaçar vítima | © PMAL
Polícia
Homem foge após ameaçar vítima com arma de fogo em Branquinha

A Polícia Militar foi acionada, realizou buscas na região, mas o suspeito não foi localizado.