Roberto Ventura

Bel. em Ciências Sociais, (Cientista Político) e Jornalista

Bloco Arrastão leva milhares de pessoas às ruas de Messias

Publicado em: 24/02/20 às 23:02 | Atualizado em 25/02/2020 13:35


Carnaval em Messias
Carnaval em Messias

Cerca de sete mil pessoas saíram às ruas de Messias nesta segunda-feira (24), para acompanhar o Bloco Arrastão, uma tradição no carnaval de Messias que já faz dezoito anos. O bloco foi idealizado pelo ex-prefeito Jarbas Omena e seu irmão o atual prefeito Luiz Emílio.

O arrastão atrai pessoas de várias cidades da zona da mata alagoana, como também de alguns bairros de Maceió e até de municípios do vizinho Estado de Pernambuco.

O prefeito Luiz Emílio falou do esforço para que o Bloco Arrastão pudesse fazer a festa e abrilhantasse mais uma vez o carnaval messiense: “As dificuldades são imensas, mas jamais poderia deixar que essa data passasse em branco. É uma tradição que nasceu há dezoito anos e hoje é a maior atração de nosso carnaval. Por isso, todos os esforços foram concentrados para que o arrastão fizesse a alegria dos foliões”.

Responsável pela ideia e criação do arrastão, o ex-prefeito Jarbinhas disse que “essa tradição não pode morrer. Esse bloco se tornou referência em nossa região, porque ele empolga e contagia não só aos messienses, mas também pessoas de outras partes do estado que chegam a nossa cidade para reverenciá-lo. O arrastão pertence ao povo de Messias”, disse.

“Jamais poderíamos passar o carnaval sem que o arrastão pudesse desfilar e animar aos foliões de nossa cidade. Essa é uma marca da administração de Jarbinhas, da ex-prefeita Vânia Omena e do prefeito Luiz Emílio, e com certeza daremos continuidade a esse momento em nosso carnaval. O arrastão faz a alegria dos amantes da festa de Momo. É a vitrine e porta de entrada de nosso carnaval. Se Deus quiser, ano que vem daremos continuidade e faremos com que o Bloco Arrastão venha com nova roupagem e continue empolgando e abrilhantando o carnaval de Messias”, afirmou o secretário do Gabinete Civil, Adelmo Júnior.

Diogo Roosevelt, servidor público da cidade de Angelin-PE, descreveu o que significa o Bloco Arrastão. “Eu venho da cidade de Angelin, só para desfilar nesse bloco, ele está no meu DNA e no DNA do povo de Messias. Eu e minha família jamais deixaremos de brincar, se divertir com esse bloco. Essa criação que já faz quase vinte anos foi o que de melhor aconteceu no carnaval de Messias”, disse ele.

“Fico esperando, contando os dias para que o carnaval chegue, somente para acompanhar o arrastão e cair na folia”, disse Thiago da Silva, residente no conjunto Teotônio Vilela.

Gabrieli de Lima, residente o conjunto Antônio Rodrigues, enalteceu a tranquilidade e animação que o arrastão proporciona aos foliões: “O que gosto mais do Bloco Arrastão é a tranquilidade com que os foliões brincam, além de muita animação e logicamente muito frevo. Agradeço ao Jarbinhas, ao prefeito Luiz Emílio, como também ao secretário Júnior e o Mano Pichilau, por nos proporcionar esse momento de alegria”.

 


Roberto Ventura é Bel. em Ciências Sociais, (Cientista Político), Jornalista, Radialista, Pós-graduado em Assessoria de Comunicação e Marketing. Cursou Marketing Político. É Analista e Comentarista Político e Ex-Árbitro de Futebol Profissional. Servidor Público Estadual na área da Segurança Pública.