publicidade
publicidade
Auxílio Emergencial

Defensoria pede prorrogação do prazo de cadastro do auxílio emergencial

Embora o governo tenha prorrogado o pagamento do auxilio emergencial para mais duas parcelas, o prazo final para se inscrever e solicitar o benefício não foi prorrogado.

Publicado: | Atualizado em 13/07/2020 17:05


Pessoas em frente a Caixa Econômica para receber o Auxilio Emergencial - BR104
Pessoas em frente a Caixa Econômica para receber o Auxilio Emergencial - BR104

Uma ação civil pública ajuizada pela Defensoria Pública da União (DPU) no último sábado (11), pede que o governo federal prorrogue o prazo para inscrição do do auxílio emergencial de R$ 600.

O prazo final para solicitar o auxílio foi dia 02 de julho, e embora o governo tenha prorrogado o pagamento do auxilio emergencial para mais duas parcelas, o prazo final para se inscrever e solicitar o benefício não foi prorrogado.

Quem entrou na justiça com o pedido de prorrogação do prazo, foi o defensor regional de direitos humanos da Defensoria Pública da União (DPU) no Ceará, Walker Pacheco.

Para ele, existe uma grande possibilidade de que muitos brasileiros possam ter perdido a renda que tinha antes do dia 2 de julho. Ele acredita que pessoas que foram demitidas depois desse prazo podem estar passando por dificuldades, e se a data de cadastro do auxílio emergencial for prorrogada, essas pessoas poderão ser beneficiadas.

– A imposição irá atingir pessoas potencialmente vulneráveis, como, por exemplo, aqueles que não conseguiram requerer o benefício no prazo informado em razão de problemas estruturais de inacessibilidade, impactando sobretudo aqueles cidadãos que passaram a preencher os requisitos previstos (elegíveis) após a data de 2 de julho de 2020 – diz Pacheco.

Pessoas em frente a Caixa Econômica para receber o Auxilio Emergencial - BR104

Pessoas em frente a Caixa Econômica para receber o Auxilio Emergencial – BR104


veja também

Auxílio emergencial | © Reprodução
Auxílio Emergencial
Auxílio Emergencial: Governo Federal libera pagamento de 5 parcelas

No início de 2022, o Governo Federal liberou o primeiro pagamento retroativo do Auxílio Emergencial, que atendeu mais de 800 mil cidadãos.


Auxílio Emergencial | © Reprodução
Auxílio Emergencial
Auxílio Emergencial: Repasse retroativo de até R$ 3 mil; veja se tem direito

As 823 mil pessoas que tiverem direito ao repasse retroativo do Auxílio Emergencial, poderão receber até R$ 3 mil.


Distintivo Policia Federal | © Reprodução/Ilustração
Auxílio Emergencial
Auxílio Emergencial: PF deflagra operação Decipit contra fraudes no benefício

O suspeito de liderar o grupo foi preso, em flagrante, por falsificação de documento, no bairro de Santíssimo, no Rio de Janeiro.


Auxílio Emergencial | © Reprodução
Auxílio Emergencial
CGU aponta indícios de irregularidade no pagamento do Auxílio Emergencial

Segundo o relatório, 1,8 milhão de pessoas receberam parcelas indevidas. O número equivale a cerca de 3% do total de beneficiários.


Paulo Guedes – @ Adriano Machadov
Auxílio Emergencial
O Auxílio Emergencial vai até dezembro de 2021?

O Auxílio Emergencial foi encerrado no início de novembro.