Pedreiro é atacado por abelhas e morre após pular em piscina para se salvar

Durante o ataque, outro rapaz fugiu pulando o muro da casa e conseguiu pedir ajuda a populares


Publicado em: 08/09/19 às 22:58 por Redação | BR104 | Atualizado em 09/09/2019 às 10:42



Sinésio Rosa da Silva, 52 anos, morreu após ataque de abelhas — © Ascom/CBM

Santana do Ipanema — Um pedreiro de 52 anos foi encontrado morto na manhã desse sábado (7), na piscina de uma residência, após ser atacado por abelhas enquanto trabalhava no local, localizado na zona rural de Santana do Ipanema, no Sertão de Alagoas.

De acordo com informações apuradas pelo portal BR104, dois homens teriam sido contratados pelo proprietário do imóvel para fazer uma reforma no local. No momento em que um deles foi fazer o reparo em uma churrasqueira, acabou pegando em um enxame de abelhas.

Ainda segundo informações, durante o ataque, um rapaz identificado como Diego fugiu pulando o muro da casa e conseguiu pedir ajuda a populares. Já a outra vítima, Sinésio Rosa da Silva, não teve a mesma sorte. Este se jogou na piscina, mas acabou morrendo.

A assessoria do Corpo de Bombeiros (CB) informou que a corporação recebeu o chamado por volta das 10h, sobre o desaparecimento de um homem. Cinco viaturas foram até o local e realizaram buscas, com apoio do Grupamento Aéreo, até que encontraram o corpo de Sinésio. Foram mais de 7h de buscas.

+ Homem é socorrido inconsciente após sofrer queda de moto em União

Agentes da 2° Delegacia Regional de Polícia (2ª DRP) de Santana do Ipanema estiveram no local e contaram que foram orientados pelos bombeiros a não se aproximarem. Relataram ainda que havia várias marcas de ferroadas no rosto do homem.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) foi acionada para recolher o corpo, que foi encaminhado para a sede do órgão, em Arapiraca. O caso deverá ser investigado pelo delegado Hugo Leonardo titular da 2° DRP.